«Nos treinos do Benfica não havia caneleiras, não se podia dar um toquezinho...»

Nuno Abreu pendurou as chuteiras em 2017 e já trabalhava em outras áreas há nove anos. O antigo defesa-central de clubes como Estoril, Benfica e Felgueiras começou por fazer descargas num armazém da C&A e, nos últimos cinco anos, trabalhava na parte logística de uma empresa de retalho, a Retail4people, gerindo as ocorrências em lojas como Auchan, Minipreço ou Primark. Recentemente, foi despedido e tenta voltar ao futebol a tempo inteiro.