Novo Banco: "É óbvio que os contratos são para cumprir, mas são também para assumir"

 

A noite informativa da TVI24 foi palco de um debate abrangente com vários deputados de partidos políticos responsáveis por colocar um travão na transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o Novo Banco.

 

Para Cecília Meireles, do CDS-PP, o assunto apenas pode ser resolvido mediante o anúncio de duas realidades: “Ou a transferência engloba pagamento de perdas do passado, ou a gestão de ativos feita no presente levanta dúvidas e o Governo foi o primeiro a dizer que tinha dúvidas sobre essa gestão”.

Sobre "Notícias"