“O dia em que o futebol ultrapassou todos os limites do aceitável”

O árbitro poderia suspender e até mesmo terminar o jogo, mas Luís Godinho diz não se ter apercebido dos cânticos racistas. Luís Vilar explica que os adeptos vimaranenses foram motivados por um misto entre racismo e rivalidade excessiva.

Sobre "Mais Bastidores"