"O dono quando chegou disse que não queria pretalhadas no prédio dele"

Mais de duas dezenas de pessoas estão em risco de despejo e foram ontem pedir ajuda ao Ministério das Infraestruturas e Habitação. São famílias, quase todas com menores, da região de Lisboa e que exigem respostas do Estado.