O legado do príncipe Philip, um homem com sentido de humor

O príncipe Philip era conhecido tanto por fazer rir os outros como por ser capaz de fazer chorar com as suas críticas desinibidas. Por exemplo, classificou a voz do cantor Tom Jones como horrível. Ao longo dos anos, teve problemas por ter posto a pata na poça e por fazer piadas falhadas. Mas nunca ninguém se ofendia. A verdade é que, relegado para segundo plano, ele era capaz de cortar o gelo das formalidades com esse jeito de pôr as pessoas à vontade.

Sobre "Jornal das 8"