“O país está dividido entre esquerda e direita. É preciso uma alternativa ao centro”

Diogo Feio, comentador político e professor universitário, analisou, esta sexta-feira, na TVI24, a atual divisão política em Portugal, apontando o dedo a António Costa, que “dividiu o país em dois” quando rejeitou a ideia de um bloco central.

O comentador político considera ser importante que exista uma alternância governativa no país.

Sobre "Notícias"