"O PS é hoje um partido em rutura consigo próprio"

Teresa Leal Coelho (PSD) afirmou que o Orçamento apresentado não traduz "uma estratégia clara", considerando-o um documento com "ausência de estratégia, pois não é possível afirmar uma estratégia quando se aglomeram medidas, em boa parte ditadas, por quem tem um pensamento periférico inconciliável com o modo em que se aposta"