OE2015: «Não há razão» para incluir qualquer impacto direto do BES

Ministra das Finanças reforça que o que existe é um empréstimo do Tesouro ao Fundo de Resolução Bancária que poderá ser devolvido em 2015 ou não»