Onda de protestos invade a capital do Líbano

Está a crescer a indignação no Líbano. Beirute foi palco de confrontos entre polícia e manifestantes que exigem a queda do Governo.

Culpam a classe política pela negligência intolerável que levou à devastadora explosão desta semana na zona portuária.

Todos os responsáveis pela segurança e armazéns do porto desde 2014 foram colocados em prisão domiciliária. Há 16 detidos sob investigação.

Sobre "Jornal da Uma"