“A viragem à direita no congresso do CDS é essencialmente uma viagem de estilo”

Pacheco Pereira esclareceu que em Portugal existe uma mistura de rótulos e uma utilização política dos mesmos que, muitas vezes, não corresponde a nenhuma realidade nem do ponto de vista histórico nem político. O comentador da TVI lembra ainda que já existiram outras tentativas de viragem à direita no CDS, como o caso do Lucas Pires. Pacheco Pereira evidenciou que o CDS tem uma barreira social relevante, que impede o partido de estar presente em muitos dos sítios onde se encontra o PSD e ainda de competir com o Chega.   

Sobre "Circulatura do quadrado"