Barragens: "Ficou claro que não há nenhuma alteração legal para beneficiar o negócio a nível fiscal"

Ana Catarina Mendes debateu os limites à intervenção política em negócios privados, nomeadamente o das barragens vendidas pela EDP à francesa Engie.

"Sobre a EDP já passámos por diversos escrutínios", começou por considerar.

Sobre "Circulatura do quadrado"