Covid-19: «Agora são as escolas. Então, e as fábricas, oficinas e transportes públicos?»

José Pacheco Pereira considera que a discussão em Portugal ocorre sempre por “surtos” e que desta vez começou nas escolas.

O comentador da TVI acredita que o ensino presencial vai ser suspenso num futuro próximo e que de seguida a revolta social irá ganhar um novo foco como as fábricas, que não podem laboral em teletrabalho, ou os transportes públicos.

Sobre "Circulatura do quadrado"