“Em Portugal de 2021, a declaração de Rangel é corajosa. A politização é hipócrita”

No programa Circulatura do Quadrado, Pacheco Pereira refere a enorme dificuldade em discutir a questão do anúncio de Paulo Rangel sobre ser homossexual, mas destaca o contexto íntimo e sóbrio em que foi feito. “A declaração não deve ser regra, nem obrigatoriedade política, a não ser que se crie um problema de hipocrisia pública”, sustenta o comentador

Sobre "Circulatura do quadrado"