"Não percebo porque é possível ir à F1 e na semana seguinte não é possível ir aos cemitérios"

O painel da Circulatura do Quadrado analisou, esta quarta-feira, as medidas que se podem esperar do Governo, no combate à pandemia de covid-19.

Lobo Xavier admite que “há coisas” que lhe “fazem alguma impressão”, nomeadamente poderes públicos demonstrarem surpresa em relação aos números.

O político recorda que estes números foram mesmo anunciados nas reuniões do INFARMED e, ainda assim, assistimos a “medidas avulsas”.

Para Lobo Xavier, “é muito difícil perceber como é que acontece o GP de F1, com uma migração de milhares de pessoas, quando passados oito dias estamos a obrigar os portugueses a não fazerem viagens para celebrarem com as suas famílias Dia de Finados e o Dia de Todos os Santos, e que tem um efeito emocional e afetivo drástico”.

Sobre "Circulatura do quadrado"