Novo Banco: “A primeira pessoa que pediu uma auditoria foi António Costa”

 

No seu comentário habitual, Manuela Ferreira Leite destacou que a aprovação do Orçamento do Estado demonstra o que resta do acordo do Governo à esquerda e salienta que o resultado parlamentar “não foi obtido de graça”.

A comentadora afirma que nem só de números se faz o Orçamento, explicando a importância que os sinais políticos têm para incentivar o crescimento, para fomentar ou retrair as decisões dos empresários.