"Orçamento é uma repetição alargada daquilo que foi tomado num momento de urgência"

Na ótica de Manuela Ferreira Leite, aquilo que a mais admira é o facto de o Orçamento do Estado para 2021 ser uma espécie de repetição das medidas aplicadas durante o estado de emergência.

"Eu olho para o Orçamento e acho que ele é uma repetição alargada daquilo que foi tomado num momento de urgência", disse. 

A comentadora diz que o aumento de despesa deveria pagar-se através da fomentação de riqueza, uma vez que não é possível distribuí-la sem que antes seja criada.

Sobre "Notícias"