TAP: "Este é o menos péssimo dos três cenários, mas é uma tragédia na mesma"

O jornalista Pedro Santos Guerreiro analisou, na noite informativa da TVI24 desta quinta-feira, a atual situação da TAP.

De acordo com o jornalista, este é o "menos péssimo" dos três cenários que já tinha apresentado e que os 1.200 não serão suficientes.

Pedro Santos Guerreiro alertou que os despedimentos já existem na transportadora, mas sob a forma da não renovação de contratos.

Sobre "Notícias"