"Vejo como quase inviável o ensino à distância para crianças e jovens"

Manuela Ferreira Leite defende que o primeiro passo que as autoridades querem dar na sequência da pandemia de Covid-19 tem a ver com o ensino.

A comentadora considera que há todo um conjunto de aspetos que é dado pela escola e que as próprias famílias têm exigido mais da escola.

Vejo como quase inviável o ensino à distância para crianças e jovens", considera Manuela Ferreira Leite, explicando que "na escola não se passa apenas aprendizagem de conhecimentos, na escola também se adquire formas de socialização, criação de amizades, de criação de comportamentos em sociedade".