Orlando: chefe da polícia explica operação para salvar reféns

Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas em atentado terrorista em discoteca gay na cidade norte-americana