Orlando: identificadas primeiras vítimas do massacre

Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas em atentado terrorista em discoteca gay na cidade norte-americana, levado a cabo por homofóbico que jurou lealdade ao Estado Islâmico