Orlando: pai do atirador diz que filho não suportava ver afetos entre homossexuais

 

 

Ainda que o Estado Islâmico tenha reivindicado o ataque, o FBI não encontra qualquer indício de que o assassino, norte-americano, filho de afegãos fosse um operacional de qualquer organização terrorista.