Os programas eleitorais à lupa: nenhum partido tem nota positiva

A Associação para o Desenvolvimento Económico e Social analisou os programas eleitorais e as críticas mais duras vão para as propostas nas áreas da Economia e Finanças, nas quais nenhum partido tem nota positiva.

A Sedes analisou ainda as ideias para a reforma eleitoral e para a saúde a pensar nos próximos quatro anos.

As piores notas vão o PAN e o Livre, cujos programas, diz a Sedes, poderiam causar uma grave crise económica.

Na área da saúde, PS, PSD e CDS são os partidos que têm as propostas mais realistas e moderadas. A nota negativa vai para as ideias do Aliança e do PAN.

Sobre "Jornal das 8"