O comandante da Proteção Civil, Salvador Malheiro garantiu que o fogo em Ovar "está longe de estar controlado" e que a A1 terá de ser cortada entre Santa Maria e o nó de Estarreja.