Pacheco Pereira: "Se os agentes políticos forem racionais, nenhum é a favor das eleições antecipadas"

Pacheco Pereira foi imperativo ao dizer que não acredita que a proposta do Orçamento do Estado para 2022 seja chumbada no Parlamento. 

O comentador entende que a discussão do Orçamento só interessa aos políticos, empresas e à comunicação social. 

"A nossa discussão do Orçamento é uma discussão que não sai das elites. As pessoas comuns não querem saber do Orçamento para nada. Reagem muito mais ao aumento dos combustíveis", começou por dizer. 

Sobre a possibilidade de uma crise política, caso o OE2022 fosse chumbado, Pacheco Pereira considera que se os agentes políticos forem racionais, "nenhum é a favor das eleições antecipadas". 

Criticou ainda as declarações do Presidente da República, por dar a entender que o país já vive uma crise política.

Sobre "Circulatura do quadrado"