Padre e três freiras acusados de escravidão

Um padre e três freiras da Fraternidade de Cristo Jovem, em Famalicão, estão a ser julgados no Tribunal de Guimarães pelo crime de escravidão.

As testemunhas que frequentaram a Fraternidade confirmam agressões físicas e psicológicas, insultos e castigos aleatórios em diversas ocasiões.

Sobre "Jornal da Uma"