"Palavras de Costa são falsas, se há coisa que os médicos não foram foi cobardes"

Questionado sobre a atual polémica que envolve António Costa acerca de umas declarações feitas ao Expresso em off, Noel Carrilho, presidente da Federação Nacional dos Médicos, considerou "inadequadas" as palavras do Primeiro-Ministro e sublinha que, se há coisas que os médicos não foram, foi ser cobardes.

Sobre "Notícias"