Palestina rejeita plano de Trump para o Médio Oriente e pede apoio internacional

O presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, rejeitou firmemente o plano de Donald Trump para o Médio Oriente, esta terça-feira, numa reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Segurando um mapa que revelava a divisão territorial proposta pelos norte-americanos, Abbas comparou esse mapa com um "queijo suíço", referindo-se à anexação de colonatos israelitas.

O líder palestiniano considera ainda que o chamado plano de paz dos Estados Unidos apenas beneficia Israel e aproveitou para apelar ao apoio da comunidade internacional.

Sobre "25ª Hora"