"Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, Macron terá de retirar essas palavras”

Depois de ter rejeitado a ajuda de 20 milhões de dólares para combater os fogos na Amazónia, o presidente brasileiro garante que aceitará o dinheiro se o homólogo francês "retirar os insultos" que lhe fez.