Paraquedistas acusam poder político de "querer acabar com a mística" da classe

As comemorações do Dia do Exército, que se celebra este domingo, ficaram marcadas pelo protesto de dezenas de paraquedistas, em Aveiro, que dizem ser alvo de desrespeito por não poderem usar no desfile o habitual cântico "Ó Pátria Mãe". 

Sobre "Jornal da Uma"