Pardal Henriques avisa: sindicato vai deixar de cumprir serviços mínimos

Pardal Henriques falou à imprensa para avisar que os serviços mínimos vão deixar de ser cumpridos porque os motoristas estão a ser subornados e ameaçados para trabalharem e fazerem mais do que os serviços mínimos estipulados. Diz que o direito à greve dos trabalhadores está a ser violado e que está em marcha uma requisição civil que só não é formal.