Passos diz caber ao Governo convencer Bruxelas que redução vai continuar

Passos Coelho contesta o valor da Comissão Europeia para o défice do ano passado, que faz Bruxelas ponderar sanções a Portugal. A Comissão Europeia e o atual Governo português dizem que foi 3,2%, excluindo já a ajuda ao Banif, Passos garante que o défice foi de 3%. O líder do PSD diz que cabe agora a António Costa convencer a Comissão que vai conseguir manter a descida nos próximos anos