Paulo Portas: "Houve um erro de gestão da pandemia grave quando se aproximou o Natal"

Sobre as contas do país, mais concretamente do primeiro trimestre deste ano, Paulo Portas encarou o cenário como "preocupante" e disse que os números são resultado do "erro de gestão" feito na altura do Natal. 

Nesse sentido, alertou que é preciso "muito cuidado na gestão desta pandemia" e que o crescimento do número de novos casos esta semana não é "dramático", mas "pode ser um sinal".

Sobre "Global"