PCP, PEV, Chega e Iniciativa Liberal contra o estado de emergência

Desde que o estado de emergência foi decretado pela primeira vez, em março, até às recentes renovações do decreto, a contestação tem vindo a crescer entre os partidos.

Se na primeira vaga, o documento foi aprovado apenas com as a Iniciativa Liberal e PCP a absterem-se, o cenário foi bem diferente esta sexta-feira.

A renovação do estado de emergência foi aprovado, mas PCP, PEV, Chega e Iniciativa Liberal votaram contra a proposta.

Sobre "Notícias"