PJ ainda procura um terceiro suspeito da morte do rapper Mota Jr

Foi detido em Manchester, Inglaterra, o segundo suspeito da morte do rapper português Mota Jr. João Luizo, de 26 anos, fugiu para Inglaterra pouco depois do crime, em março, e a Polícia Judiciária viu-se obrigada a emitir um mandado de detenção europeu.

A PJ acredita que João Luizo poderá ter sido o mandante do roubo à residência do rapper.Em maio foi detido um primeiro suspeito, que se encontra preso preventivamente.

 

Sobre "Jornal das 8"