Plano de reestruturação da TAP prevê injeção de três mil milhões de euros

O plano de reestruturação da TAP, já aprovado em conselho de ministros, prevê cortes salariais, despedimentos e uma redução da frota da empresa.

O Governo deverá ainda injetar cerca de três mil milhões de euros na companhia aérea para fazer face aos prejuízos provocados pela pandemia de covid-19.

Sobre "Jornal da Uma"