Poderá a tecnologia da Pfizer vir a exterminar doenças como cancro?

A vacina contra a covid-19 da farmacêutica norte-americana assenta numa nova tecnologia baseada no RNA mensageiro.

Um avanço tecnológico muito significativo no processo de desenvolvimento de fármacos que visem imunizar seres humanos.

Hélder Mota Filipe, professor associado na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e ex-presidente do Infarmed, refere que esta tecnologia não vai ficar restringida à covid-19 e poderá ser aplicada no combate a outro tipo de doenças, entre elas os cancros.

O especialista lembra que esta tecnologia já estava a ser desenvolvida há vários anos para ser aplicada em doenças como o ébola.

Sobre "Segunda Vaga"