Polémica na TAP. Os prémios, os prejuízos e a quebra de confiança

Está instalada a polémica por causa dos prémios de 1,2 milhões de euros atribuídos a 180 trabalhadores da TAP, num ano em que a empresa apresentou prejuízos de 118 milhões de euros. O Governo discorda da concessão destes prémios e conclui que existiu uma quebra de confiança com a gestão executiva da TAP. Com que consequências não se sabe, por enquanto.