A nova ambição de António Costa

Primeiro-ministro quer ver Portugal a crescer acima da União Europeia, pelo menos por uma década. O secretário-geral do PS garante ainda que recusa uma corrida de soundbites e ataques pessoais nas eleições europeias.