António Costa volta-se para a esquerda e rejeita Bloco Central

António Costa rejeitou qualquer ideia de Bloco Central, mesmo em momento de crise. 

No discurso de abertura da Comissão Nacional do PS, o primeiro-ministro lança ainda a mão à esquerda, e avisa tanto a esquerda como a direita de que este não é o momento de criar crise políticas.

Sobre "Jornal da Uma"