Azeredo Lopes constituído arguido: trabalho da comissão de inquérito não está em causa

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito a Tancos garante que a constituição do ex-ministro Azeredo Lopes como arguido não põe em causa o trabalho da comissão. Filipe Neto Brandão diz que, apesar de não ter sido unânime entre os deputados, a comissão concluiu que não houve responsabilidade política do antigo ministro no caso