Bastonário da Ordem enviou carta aos médicos a queixar-se do Primeiro-ministro

Os lares de idosos são um dos elos mais frágeis no cenário nacional e a polémica entre a Ordem dos Médicos e o Primeiro-ministro parece não estar encerrada.

A reunião de ontem, que se prolongou por três horas, terminou com declarações de concórdia, mas horas depois, Miguel Guimarães enviou uma carta aos médicos onde acusa António Costa de não ter sido fiel ao que tinha afirmado na reunião.

Sobre "Jornal das 8"