Catarina Martins admite que "nunca foi fácil" a relação com o PS

No final da reunião da Mesa Nacional, a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, reconheceu que o partido teria preferido a repetição de uma maioria parlamentar negociada para quatro anos, como existiu na anterior legislatura.

Catarina Martins diz que o Bloco de Esquerda vai assumir a necessidade de convergência necessária para o país avançar.

Cá estaremos com as dificuldades que conhecemos e também com a convicção e determinação de sempre", disse a coordenadora do BE

 

Sobre "Jornal das 8"