Centeno diz que não se arrepende sobre solução de venda do Novo Banco

Apesar do Novo Banco já ter custado aos contribuintes quase 3 mil milhões de euros, Mário Centeno diz que não se arrepende da solução que encontrou para o antigo BES.

O agora ex-ministro das Finanças garante que, com a informação que tinha em 2017, a venda do Novo Banco não poderia ter sido feita de forma diferente.

Sobre "Jornal das 8"