Tiago Barbosa Ribeiro (PS) defendeu que há uma "grande diferença de fundo" a nível de Orçamento "porque, ao contrário da direita" apresentou, este é um documento "em nome de um país decente"