Primeiro-ministro diz que Ordem está a apoiar ilegalmente a greve e a bastonária Ana Rita Cavaco diz-se de consciência tranquila.