Costa, patrões e sindicatos focados numa subida gradual do salário mínimo

António Costa, depois da reunião com os parceiros sociais na sede do partido, em Lisboa, disse que existia uma preocupação comum relativamente à evolução positiva dos rendimentos da sociedade portuguesa. 

O primeiro-ministro indigitado mostrou-se "muito satisfeito" por nem os patrões nem os sindicatos estarem, exclusivamente, centrados no salário mínimo de 2020, mas sim num compromisso gradual do salário mínimo. 

Sobre "Jornal da Uma"