Dezenas de portugueses no estrangeiro não votaram por causa dos correios

Dezenas de eleitores portugueses residentes no estrangeiro não conseguiram votar nestas eleições. O voto por correspondência a que têm direito não foi reconhecido por algumas empresas de distribuição de correio por causa da indicação de portes pagos nos envelopes.