"Diferença salarial entre homens e mulheres é de quase 15% em Portugal"

Esta sexta-feira assinala-se o Dia Nacional da Igualdade Salarial.

Em Portugal, as mulheres têm de trabalhar mais 54 dias por ano para ganhar o mesmo ordenado de um homem. Ou, de outro modo, os homens poderiam deixar de trabalhar no dia 8 de novembro e as mulheres teriam de continuar até ao fim do ano.

Mariana Vieira da Silva, ministra do Estado e da Presidência, em declarações à TVI, chamou à atenção para o facto de em Portugal a desigualdade salarial ser de quase 15% em desfavor das mulheres.

Ainda assim, assinala que a evolução é positiva e que já se conseguiu reduzir em cinco dias essa diferença. 

Sobre "Notícias"