"É bom que fique claro que o Presidente não é criminoso"

Marcelo Rebelo de Sousa reagiu desta forma à polémica instalada depois de uma notícia da TVI ter revelado que o Ministério Público (MP) desconfia do Presidente da República em relação ao caso de Tancos.

As suspeitas surgiram depois de terem sido ouvidas algumas escutas onde o major Vasco Brazão, um dos arguidos no processo, se referiu ao "papagaio-mor do reino", o que, para o MP, pode ter sido uma referência ao chefe de Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa está neste momento nos Estados Unidos, onde marca presença na cimeira do clima, onde está também António Guterres.

Sobre "Jornal das 8"