"É importante garantir que para além do passe, há transportes"

Assunção Cristas atravessou esteve hoje na estação fluvial do Barreiro, Setúbal, zona tradicionalmente de esquerda, para distribuir panfletos do CDS a defender a abertura da travessia a operadores.

Foram cerca de 30 minutos de campanha para as legislativas, em que, no final da hora de ponta, entre 08:45 e as 09:15, a líder do CDS andou a distribuir panfletos azuis a favor do alargamento do Metro até Almada e pela abertura da travessia do Tejo a novos operadores, acompanhada pelo cabeça de lista de Setúbal e líder parlamentar, Nuno Magalhães.

Cristas e Magalhães esforçavam-se por entregar os panfletos a quem, em passo de corrida ou até a correr, tentava apanhar o próximo barco para Lisboa. No meio da azáfama, uns recebiam o papel, outros, menos, recusavam, e poucos foram os que ficaram à conversa.

Sobre "Jornal da Uma"